Notícias

Dia Mundial do meio Ambiente


Em 1972, durante a Conferência das Nações Unidas sobre o Meio Ambiente Humano, em Estocolmo, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu o Dia Mundial do Meio Ambiente, que passou a ser comemorado todo dia 05 de junho. Essa data, que foi escolhida para coincidir com a data de realização dessa conferência, tem como objetivo principal chamar a atenção de todas as esferas da população para os problemas ambientais e para a importância da preservação dos recursos naturais, que até então eram considerados, por muitos, inesgotáveis.

Nessa Conferência, que ficou conhecida como Conferência de Estocolmo, iniciou-se uma mudança no modo de ver e tratar as questões ambientais ao redor do mundo, além de serem estabelecidos princípios para orientar a política ambiental em todo o planeta. Apesar do grande avanço que a Conferência representou, não podemos afirmar, no entanto, que todos os problemas foram resolvidos a partir daí.



Atualmente existe uma grande preocupação em torno do meio ambiente e dos impactos negativos da ação do homem sobre ele. A destruição constante de habitat e a poluição de grandes áreas, por exemplo, são alguns dos pontos que exercem maior influência na sobrevivência de diversas espécies.


Tendo em vista o acentuado crescimento dos problemas ambientais, muitos pontos merecem ser revistos tanto pelos governantes quanto pela população para que os impactos sejam diminuídos. Se nada for feito, o consumo exagerado dos recursos e a perda constante de biodiversidade poderão alterar consideravelmente o modo como vivemos atualmente, comprometendo, inclusive, nossa sobrevivência.

Dentre os principais problemas que afetam o meio ambiente, podemos destacar o descarte inadequado de lixo, a falta de coleta seletiva e de projetos de reciclagem, consumo exagerado de recursos naturais, desmatamento, inserção de espécies exóticas, uso de combustíveis fósseis, desperdício de água e esgotamento do solo. Esses problemas e outros poderiam ser evitados se os governantes e a população se conscientizassem da importância do uso correto e moderado dos nossos recursos naturais.

 

Em razão da importância da conscientização e da dimensão do impacto gerado pelo homem, o Dia Mundial do Meio Ambiente é uma data que merece bastante destaque no calendário mundial. Entretanto, não basta apenas plantar uma árvore ou separar o lixo nesse dia, é necessário que sejam feitas campanhas de grande impacto que mostrem a necessidade de mudanças imediatas nos nossos hábitos de vida diários.

 

Apesar de muitos acreditarem que a mudança deve acontecer em escala mundial e que apenas uma pessoa não consegue mudar o mundo, é fundamental que cada um faça a sua parte e que toda a sociedade reivindique o cumprimento das leis ambientais. Todos devemos assumir uma postura de responsabilidade ambiental, pois só assim conseguiremos mudar o quadro atual.

 

Conectando pessoas à natureza

 

Este ano o convite é estar com a natureza: #EstouComANatureza, e você?

 

A ONU propõe na Semana do Meio Ambiente que começa hoje e vai até o dia 11, incentivar a nossa conexão com a natureza para fomentar sua proteção.

No mundo inteiro a ONU realizará mais de 1.000 atividades com este propósito. No Brasil haverá entre outros eventos, a Meia Maratona das Cataratas, o Simpósio ‘Ecos da Rio 92’ no Museu do Amanhã e o lançamento nacional da Campanha #MaresLimpos, no Rio de Janeiro.

Durante a semana, alguns dos famosos monumentos brasileiros serão iluminados de verde para lembrar e celebrar a data, entre estes, o Cristo Redentor, o Museu do Amanhã, a Ponte Estaiada, o Viaduto do Chá, a Prefeitura de São Paulo.

Na sexta-feira 9, no Rio de Janeiro terá início também a Virada Sustentável com apoio da ONU.

Mas também vamos falar sobre meio ambiente

Hoje é um dia especial para estarmos junto à natureza em sentido literal, mas também em sentido geral. É um dia para pensarmos e falarmos sobre a casa em comum onde todos vivemos. Um dia para propor ideias, soluções e atitudes que façam bem à Terra, que nos ajude a cuidar bem de nós e dos outros, das gerações atuais e futuras, dos seres humanos e de todos os seres viventes, pois precisamos uns dos outros.

A Mostra Ecofalante segue até o dia 14 deste mês propondo seu cinema engajado no meio ambiente, com filmes e debates grátis para você que mora ou está de passagem por São Paulo.

Hoje, 5 de junho, haverá um debate sobre “A Contaminação nossa de Cada Dia, lixo, consumo de produtos poluentes e tudo o que podemos fazer, no nosso pessoal e no coletivo, para minimizarmos este grave problema ambiental.

A contaminação, como vimos aqui, atingiu os lugares mais insólitos, distantes e “intocados” do mundo. No ar que respiramos, no solo onde cultivamos, na água que bebemos, tudo, praticamente tudo contém lixo e resíduos químicos em maior ou menor quantidade. Muitas vezes, tal contaminação é aceita por nós que usamos produtos tóxicos, alimentos OGM, nós que fumamos e jogamos nosso lixo no chão, nós que no dia a dia fazemos menos do que poderíamos para mitigar o problema.

Na 6ª Mostra Ecofalante, durante todo o dia de hoje, serão apresentados filmes GRÁTIS e INÉDITOS NO BRASIL – sobre esse tema, além de um debate com especialistas a partir das 20h30, no Cine Reserva Cultural, Av. Paulista, 900.

O debate de hoje conta com a participação de:

·         José Alberto Gonçalves Pereira, jornalista especializado em sustentabilidade;

·         Paulo Saldiva, médico patologista e professor da USP, e

·         Roberto Kishinami, coordenador do Programa de Energia do Instituto Clima & Sociedade.

Antes do debate, às 19h, será exibido o filme norte-americano Cheirando Mal, de Jon Whelan que nos leva a uma jornada por varejos, laboratórios, reuniões empresariais, e até aos salões do Congresso americano em busca de respostas para uma questão: por que não são seguros alguns produtos expostos nas prateleiras de lojas e supermercados?

Outros filmes sobre este tema que estarão na Ecofalante:

·         Às 15h30, será exibido Mar Ensurdecedor, que fala sobre o impacto da poluição sonora produzida por atividades humanas nos animais marinhos.

·         Às 17h, o curta de animação Zona Proibida sobre o acidente nuclear de Fukushima; seguido do documentário Terra Abandonada, que acompanha o cotidiano de pessoas que retornam à região do acidente no momento em que as obras de "descontaminação" parecem insuficientes, dada a escala do desastre tanto no plano humano quanto no ambiental.

·         Às 22h (após o debate), será exibido O Suplício: Vozes de Chernobyl, baseado no livro vencedor do prêmio Nobel "Vozes De Tchernóbil: A História Oral do Desastre Nuclear", da escritora e jornalista bielorrussa Svetlana Alexievich.

Um feliz Dia Mundial do Meio Ambiente

Portanto hoje, e durante esta semana, mais do que nunca, esteja com a natureza, converse, informe-se, apoie e movimente-se em direção a um mundo melhor para todos!


Fonte:

www.greenme.com.br
www.brasilescola.uol.com.br

MATRIZ
Rua Helena, 235 – 3 º andar – Vila Olímpia
CEP 04552-050 - São Paulo - SP
(11) 5904-6659 | gestao@nexussaude.com.br

UNIDADE SÃO PAULO
Rua Frei Caneca, 1212 - 6º andar
(100 mts do Metrô Consolação)
(11) 3541-9697 | clinicamedica@nexussaude.com.br

UNIDADE SÃO CARLOS
Rua São Joaquim, 2214 – Centro
CEP 13560-300 - São Carlos - SP
(16) 3364-6048 | clinicasaocarlos@nexussaude.com.br